versão 0.11.17 - Beta Teste  

 
DICA: Utilize termos compostos entre aspas, ex: "organização da informação"
Palavras-chave    Título    Resumo    Autor    Todos   


Resultado da Busca

Termos associados à descrição de busca para filtrar informações relevantes
ação extencionista  agentes externos  animação cultural  aprendizado  aprendizagem  aprendizagem organizacional  artesanatos  as estratégias de comunicação  biblioteca  biblioteca comunitária escritor lima barreto  biblioteca escolar  biblioteca pública  biblioteca pública do estado de sc  bibliotecário  bibliotecário - comunidade  bibliotecário - desconhecimento da comunidade  bibliotecários  bibliotecas comunitárias  bibliotecas nacionais  bibliotecas nacionais lusófonas  bibliotecas públicas  bibliotecas universitárias  biblioteconomia  biblioteconomia - ufsc  braile  brasil  características  carro biblioteca  ciência  ciência da informação  ciência da informação brasileira  cientista da informação  classificação  compartilhamento de conhecimento  comportamento de usuários  comportamento informacional  computadores móveis  comunicação científica  comunicação comunitária  comunidade  comunidade acadêmica  comunidade científica  comunidade científica brasileira  comunidade de leitores-autores  comunidade de trabalho  comunidade discursiva  comunidade européia  comunidade hospitalar  comunidade rural  comunidade surda  comunidade virtual  comunidades de prática  comunidades indígenas  comunidades isoladas  comunidades não-epistemológicas  comunidades virtuais  conhecimento  connotea  conteúdo aberto  criação de comunidades  desenvolvimento integrado  desintermediação da informação  discurso  discurso comunitário  disseminação da informação  divisão digital  e-nova  ecologia - meio ambiente  ecologia/meio ambiente  educação  educação a distância  ensino  epistemologia  escrita  estratégias sociais  estudos de caso  estudos de comunidade  euronet  extensão universitária  ferramentas colaborativas  folksonomia  formação social  fotolog  gestão do conhecimento  grupo focal  hábito de leitura  hospital das doenças do aparelho locomotor  identidade cultural  ideologia  ifla  inclusão  inclusão digital  inclusão social  informação  informação ambiental  informação e informatividade  informação para a comunidade  informação utilitária  informatização  integração universidade - comunidade  internet  jornal da ciência hoje - jornal da ciência  jornal da ciência hoje/ jornal da ciência  leitura  lideranças comunitárias  lingüística documentária  marcação de recursos na web – infometria  marcação de recursos na web – motivação  mediação da informação  memória  micro e pequenas empresas  mitos africanos  modernização tecnológica  museu oceanográfico  obtenção de informações  organização do conhecimento  orkut  planejamento estratégico  portadores de deficiência física - acesso às novas tecnologias  posição política  práticas profissionais  preposição  programa alp  promoção  publicação científica  publicidade  recursos educacionais abertos  redes de informação  redes sociais  redes sociais virtuais  redes virtuais  rios  são benedito  saúde  serviços de informação  sistemas de gerenciamento de referências – características  sociedade brasileira para o progresso da ciência (sbpc)  sociedade do conhecimento  sociedade para o progresso da ciência  sociologia da cultura  software social – comunidades discursivas  sujeito  sustentabilidade ambiental  tecnologia da informação  tecnologias  tecnologias de informação e comunicação  telecomunicação - segurança pública  telecomunidade  televisão  teoria da informação  teoria durandiana  unidade de informação  universidade  uso de tecnologias de informação.  uso detecnologias de informação e comunicação  voluntariado  web  


  A PRESENÇA DAS NARRATIVAS MÍTICAS DE ANCESTRALIDADE AFRICANA COMO ELEMENTOS DE INFORMAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA . Ponto de Acesso v. 6, n. 2, 2012   (ARTIG)
  AQUINO, Mirian de Albuquerque; PEREIRA, Cleyciane Cássia Moreira
A PRESENÇA DAS NARRATIVAS MÍTICAS DE ANCESTRALIDADE AFRICANA COMO ELEMENTOS DE INFORMAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA A característica interdisciplinar da Ciência da Informação possibilita desenvolvermos estudos nessa direção. Nesse sentido, apresenta-se a proposta de trabalho de pesquisa, em andamento, análise dos mitos da tradição africana como elementos de informação e preservação na memória da Comunidade Quilombola Alcantarense de Itamatatiua, na Linha de pesquisa ?Memória, Organização, Acesso e Uso da Informação?, do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UFPB. Constituída pelos objetivos específicos de identificar, verificar como se dá a preservação e compreender os mitos presentes nessa Comunidade, e como possibilidade de contribuir também para a continuidade de estudos e pesquisas que retratem a história e memória negra. À luz da Teoria do Imaginário de Gilbert Durant adotamos a mitoanálise que permite a análise dos mitos concomitante com a metodologia qualitativa de abordagem etnográfica com o propósito de descrever, densamente, os dados da pesquisa recolhidos por meio de entrevista semi-estruturada, observação direta e ficha de identificação. Para isso, destacamos a priori conceitos de informação, memória e preservação abordados na CI; a seguir, definições sobre memória; apresentamos também uma viagem concisa pela trajetória dos mitos e pela Teoria durandiana. Além de uma sucinta explanação sobre a história dos negros no Maranhão e uma descrição referente à Comunidade. A pesquisa encontra-se na fase de aprofundamento teórico e análise dos dados coletados, em que é possível identificarmos até o caminhar das análises deuses afros como Ogum nas falas dos personagens contribuintes a nossa pesquisa. THE PRESENCE OF MYTHIC NARRATIVE OF ARICAN ANCESTRY AS ELEMENTS OF INFORMATION AND MEMORY PRESERVAÇÃO The characteristic Interdisciplinary Information Science enables develop studies in this direction. In this sense, it presents the proposed research work in progress, examining the myths of the African tradition as elements of information in memory and preservation of the Community of Quilombola Alcantarense Itamatatiua, on line search "Memory, Organization, Access and Use of Information "of the Post-graduate in Information Science UFPB. Consisting of specific goals to identify, verify how the preservation and understanding the myths present in that Community, and also as a possibility to contribute to the continuity of studies and surveys that portray the history and memory black. In light of the Theory of the Imaginary by Gilbert Durant adopt the mitoanálise that allows the analysis of myths concomitant qualitative methodology of ethnographic approach in order to describe, thick, the survey data collected through semi-structured interviews, direct observation and identification form. We highlight a priori concepts of information, memory and preservation addressed in CI, the following definitions of memory, we also present a concise travel the path of the myths and the Theory durandiana. Besides a brief explanation on the history of blacks in Maranhao and a description referring to the Community. The research is at the stage of theoretical approaches and analyze data, identify where you can walk up to the gods of the analysis as Ogun afros in the speeches of the characters contributing to our research.

Palavras-chave: Ciência da Informação. teoria da informação. Mitos africanos. identidade cultural. memória. Teoria durandiana. Comunidade de Itamatatiua. Ciência da Informação

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Análise de informações sobre sustentabilidade ambiental circulantes no Orkut: estudo exploratório do tópico “E o rio?” . Perspectivas em Ciência da Informação v. 17, n. 2, 2012   (ARTIG)
  SILVEIRA, Júlia Gonçalves da; CRUZ, Ruelandson do Carmo
Apresenta resultados de um estudo exploratório do tópico “E o rio?”, criado na comunidade virtual “Ferros MG” – existente no Orkut. Nele, os diversos membros debatem sobre a instalação de pequenas centrais hidrelétricas na bacia do Rio Santo Antônio, que banha a cidade mineira de Ferros. Revela facetas do comportamento informacional dos debatedores do citado tópico, em momentos de busca e de troca de informações de interesses coletivos. Conclui que as informações prevalecentes nas discussões clamam por maior transparência de informações por parte das autoridades municipais e estaduais em assuntos que afetem a comunidade local, entre outras constatações apresentadas.

Palavras-chave: Orkut. social network. virtual communities. User behavior. Environmental sustainability. environmental information. Rivers. City – environment. Ferros/MG. informational behavior. Hydroelectric basins. orkut. Redes Sociais Virtuais. comunidade

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A mediação da informação através da comunidade virtual Anobii: um estudo de caso . Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação v. 17, n. 35, 2012   (ARTIG)
  CRIPPA, Giulia; CARVALHO, Larissa Akabochi de
Este artigo procura refletir as mudanças que a tecnologia está proporcionando à leitura, principalmente no que tange ao compartilhamento de livros e de leituras através de comunidades virtuais específicas para leitores. Evidenciamos, nesse sentido, a importância das mesmas enquanto mediadoras de leitura entre seus usuários, tendo como base os princípios da Estética da Recepção. Nesta pesquisa, elegemos para nosso estudo a comunidade www.anobii.com. Todavia, é importante destacar que, desde o século XVIII, existiram outros modelos com o mesmo propósito e este seria apenas um novo meio de circulação sobre livros, propiciado pela tecnologia. Para complementar o nosso trabalho, utilizamos a “netnografia” como método e aplicamos questionários aos alunos da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, da Universidade de São Paulo (FFCLRP/USP), com o foco nas suas práticas de leitura e no conhecimento e participação dos mesmos em comunidades virtuais dedicadas a leitores.

Palavras-chave: reading. technology. Mediation of information. virtual communities. Anobii. leitura. tecnologia. mediação da informação. comunidades virtuais. Anobii

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunidades de prática virtuais e a troca e criação de conhecimentos em micro e pequenas empresas . DataGramaZero v. 13, n. 1, fev./2012   ()
  SARRUF, Patrícia Giselle; SILVA, Helena de Fátima Nunes
Estudo sobre comunidades virtuais e sua relação com as comunidades de prática. Analisa se as comunidades virtuais que utilizam ferramentas colaborativas se constituem em comunidades de prática e contribuem no processo de troca e compartilhamento de conhecimentos no âmbito das micro e pequenas empresas. Utiliza entrevistas narrativas e observação em três comunidades virtuais (Rede Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Grupo Gestão de Restaurantes e Comunidade Agentes Locais de Inovação). Elabora um diagnóstico dos grupos com base na observação, apoiada em um roteiro. Observa, descreve e analisa o domínio, a prática e as pessoas das comunidades virtuais, estabelecendo as interações com a teoria de Comunidades de Prática de Wenger (1998). Conclui que as ferramentas colaborativas possibilitam a troca de conhecimentos, pois propiciam a interação, permitem à narrativa e troca de experiências, o compartilhamento do conhecimento tácito para outro conhecimento tácito, promovendo assim a socialização, porém, a dedicação do usuário é imprescindível. As comunidades de prática virtuais, sendo bem coordenadas e utilizando ferramentas colaborativas propícias às necessidades de comunicação dos empresários, contribuem para troca de conhecimentos e desenvolvimento dos negócios.

Palavras-chave: knowledge creation. knowledge sharing. communities of practice. virtual communities. Small businesses. Collaborative tools. criação de conhecimento. compartilhamento de conhecimento. comunidades de prática. comunidades virtuais. micro e pequenas

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Redes Sociais na Educação a Distância: uma análise do projeto e-Nova . DataGramaZero v. 13, n. 2, abr./2012   ()
  ZANCANARO, Airton; SANTOS, Paloma Maria; SILVA, Andreza Regina Lopes da; BORGES, Michele Andréia; BATTISTI, Patrícia; SPANHOL, Fernando José
ciberespaço e as novas tecnologias têm multiplicado as formas de sociabilidade entre os indivíduos. A cada ano surgem novas práticas como a criação de comunidades nas redes sociais. Diversos são os domínios que estão fazendo uso desse novo cenário. Contudo, sua aplicação no contexto educativo ainda permanece pouco explorada. Assim, partindo de uma estratégia de estudo de caso com métodos qualitativos para levantamento e análise dos dados, o presente artigo buscou avaliar qual a influência das redes sociais no apoio à Educação a Distância (EaD) e verificar como se dá a agregação de valor nesse meio. Como objeto de estudo, utilizou-se o programa de Capacitação em Rede: Competências para o Ciclo de Desenvolvimento de Inovações (e- Nova). A pesquisa realizada sugere que a extensão do curso para a rede social, por conta de todas as facilidades que esta apresenta, foi um fator de grande motivação e agregação de valor para os estudantes.

Palavras-chave: social networks. distance education. e-Nova. Creation of communities. Facebook. virtual learning environment. redes sociais. educação a distância. e-Nova. Criação de comunidades. Facebook. ambiente virtual de aprendizagem

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Direito e identidade das comunidade tradicionais - do direito do autor ao direito à cultura . Liinc em revista v. 7, n. 2, 2011   (ARTIG)
  COLAÇO, Thais Luzia; SPAREMBERGER, Raquel Fabiana Lopes
Este artigo trata da necessidade de reconhecimento da identidade de grupos culturalmente diferenciados, as chamadas comunidades tradicionais ou locais no Brasil. Define comunidades tradicionais-locais, a sua relação com o ambiente e a necessidade da proteção do seu conhecimento, para compreensão do passado e garantia de futuro. Enfatiza também a questão da emancipação e da necessidade de se garantir a igualdade (na diferença) para se alcançar a cidadania em tempos de mudanças e de incertezas no que concerne a proteção do seu patrimônio cultural e ambiental. Procura, nesse sentido, demonstrar o paradoxo entre o direito do autor ou direito autoral e a realidade das comunidades locais e seus sítios simbólicos em busca da defesa de seu universo local, de sua cultura frente ao processo de globalização.

Palavras-chave: Law. communities. traditional. equality. direito. comunidades. tradicional. igualdade

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  MEMÓRIA DO COTIDIANO: registro da Comunidade Santa Clara na Web . Em Questão: Revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS v. 17, n. 2, 2011   (ARTIG)
  FARIAS, Maria Giovanna Guedes; FREIRE, Isa Maria
Este artigo tem por objetivo comunicar os resultados de pesquisa desenvolvida durante mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação na Universidade Federal da Paraíba, para intervir no processo de exclusão informacional vivido pela Comunidade Santa Clara (CSC) em João Pessoa, Paraíba. A intervenção ocorreu para registrar, organizar e divulgar a memória das ?fontes de informação? (sujeitos da pesquisa) constituídas por pessoas da Comunidade na Web. Para isso, foi implementada uma ação de informação para criar a interface virtual ?Blog da Comunidade Santa Clara? visando disseminar o tesouro de conhecimentos das pessoas depositárias da memória social e do saber popular da Santa Clara. A inclusão deste tesouro no ciberespaço, bem como o empoderamento da Comunidade na competência intelectual para uso da tecnologia digital de comunicação da informação, pode propiciar a valorização da identidade cultural dos moradores da CSC e o exercício da cidadania.

Palavras-chave: memory. Inclusion Web. community. Technologies. memória. web. inclusão. comunidade. tecnologias

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Ação de Mediação para Inclusão Social de Comunidades . Informação & Informação v. 16, n. 3, 2011   (ARTIG)
  FARIAS, Maria Giovanna Guedes; FREIRE, Isa Maria
Introdução: A informação tornou-se um instrumento capaz de modificar a consciência do indivíduo e do grupo, em que ele se encontra socialmente incluído. Por isso, torna-se necessário pensar na coletividade e nos benefícios advindos de ações de informação mediadas por profissionais da informação a serem promovidas junto a comunidades ou a grupos sociais. Objetivo: Implementar uma ação de mediação da informação para criar a interface virtual “Blog da Comunidade Santa Clara”, visando disseminar o tesouro de conhecimentos das pessoas depositárias da memória social e do saber da Santa Clara, que posteriormente gerou o projeto de extensão “Curso Gerenciamento de Blogs”. Metodologia: Pesquisa-ação, metodologia coerente com a teoria e ação, que possibilitou registrar o conhecimento dos moradores da Comunidade Santa Clara (CSC) no que diz respeito a seus ofícios e talentos, e ainda investigar como esses conhecimentos são transmitidos dentro e fora da Comunidade. Resultados: Os moradores da Comunidade, após participarem do Curso Gerenciamento de Blogs, se tornaram os disseminadores informacionais da CSC ajudando a construir a identidade social da Comunidade e identidade virtual. Conclusões: Com o tesouro de conhecimentos registrado e disseminado na web, a Comunidade tem possibilidade de obter reconhecimento perante a sociedade civil, a exemplo de instituições que desejam investir na CSC com criação de projetos que beneficiem a população.

Palavras-chave: Mediación de la información. Inclusión social. COMUNIDAD. Blog. mediação da informação. inclusão social. comunidade. blog

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A internet, a mediação e a desintermediação da informação . DataGramaZero v. 12, n. 2, abr./2011   ()
  SILVA, Edna Lúcia da; LOPES, Marili Isensee
Reflexão sobre o papel assumido pelas tecnologias da informação (TICs) na sociedade contemporânea. A internet, em especial, diminuiu distâncias e permitiu o transporte de informações de uma maneira instantânea, reconfigurando a noção de espaço geográfico, criando um novo espaço virtual, que supera as fronteiras do mundo físico. A Internet, entre outros aspectos, libertou os usuários da informação de sua dependência de intermediários, eliminando barreiras e proporcionando oportunidades para o acesso direto aos produtos de informação em qualquer hora ou local e de forma independente. Esse fenômeno gerado pela autonomia dos usuários na busca de informação tem sido rotulado de desintermediação da informação. Assim, acredita-se que com o avanço e a incorporação das tecnologias da informação, especificamente da Internet, nas atividades das unidades de informação, em especial das bibliotecas universitárias, ocorreu um deslocamento de objetivos dessas instituições, pois passaram a visualizar a sua atuação e o fluxo de suas atividades com base em novo paradigma, o paradigma de acesso à informação, em substituição ao paradigma de posse da informação. Neste sentido, discute-se as mudanças proporcionadas pelas tecnologias da informação nas atividades exercidas pelos bibliotecários, especificamente no processo de busca da informação, bem como no papel da biblioteca como mediadora da informação em função do uso das redes eletrônicas pelas comunidades científicas.

Palavras-chave: Information disintermediation. university libraries. Internet. information search. Scientific community. desintermediação da informação. bibliotecas universitárias. Internet. busca da informação. comunidade científica

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Trabalho comunitário: uma leitura dos fatores restritores e propulsores . DataGramaZero v. 12, n. 4, ago./2011   ()
  SILVEIRA FILHO, Sady Vaz da
O presente estudo busca uma leitura sistemática dos elementos da gestão, presentes na concepção, instalação, desenvolvimento e consolidação do trabalho comunitário, seus pontos fortes, pontos fracos, ameaças e oportunidades de melhoria na execução dos mesmos. Para isso, foram selecionados seis artigos que, juntos, trazem experiências, críticas e reflexões sobre diferentes trabalhos comunitários, desenvolvidos em diferentes espaços. A partir deste estudo, problematizou-se a bibliografia que trata da ação comunitária no seu dia-a-dia, com ênfase nos elementos psicossociais envolvidos tais como as relações interpessoais, liderança, comunicação, e também nos elementos técnico estruturais de gestão, tais como recursos físicos, técnicos e econômicos, entre outros. Considerou-se também a ação do estado e a posição dos seus gestores, sempre presentes nesses processos, muito embora e em muitos casos o trabalho e a ação comunitária, ironicamente, decorra da ocupação pela comunidade de espaços e funções não exercidas, no todo ou em parte por este mesmo governo. Ao final desse estudo, procuramos ter identificados os elementos propulsores e restritores ao trabalho comunitários .

Palavras-chave: Community work. Community leaders. Volunteer. Volunteer work. Social action. Community management. Comunidade de trabalho. Lideranças comunitárias. voluntariado. Trabalho voluntário. ação social. Gestão comunitária

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A inclusão da Comunidade Santa Clara na sociedade da informação: proposta de trabalho . Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação v. 8, n. 1, jul./dez. 2010   (00007)
  FARIAS, Maria Giovanna Guedes; FREIRE, Isa Maria
A Ciência da Informação desempenha um papel fundamental na sociedade da informação, ao delinear caminhos para a inclusão social através da inclusão informacional. Nesse sentido, apresentamos proposta de trabalho de pesquisa, em desenvolvimento no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação na Universidade Federal da Paraíba, para intervir no processo de exclusão informacional vivido pela Comunidade Santa Clara em João Pessoa, Paraíba. Essa intervenção se dá por meio de pesquisa de campo para registro, organização e divulgação das "fontes de informação" constituídas por pessoas da Comunidade. Para isso, será produzido um sítio virtual onde será depositado, para acesso livre na Internet, o tesouro de conhecimentos das pessoas depositárias da memória social e do saber da Santa Clara, que ficarão disponíveis para as próximas gerações.

Palavras-chave: social inclusion. social responsibility. digital inclusion. information society. Ciência da Informação. inclusão social. inclusão digital. Comunidade urbana. responsabilidade social. Ciência da Informação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Aspectos estruturais e motivacionais e possíveis zoneamentos discursivos em software social acadêmico . Liinc em revista v. 6, n. 2, 2010   (TEMAS)
  MARCHIORI, Patrícia Zeni; BETTONI, Eduardo Michelotti; APPEL, Andre Luiz; TABORDA, Carlos Alexandre Lourenço
O artigo descreve e analisa três ferramentas de social bookmarking e dois sistemas de gerenciamento de referências voltados para o ambiente acadêmico em seus aspectos objetivos e subjetivos. Destaca o esquema de marcação de metadados como suporte para estudos infométricos e discute as condições motivacionais para o uso de tais sistemas, assim como potenciais zoneamentos discursivos advindos da análise de tags de descritores. Tece especulações sobre outras relações passíveis de serem encontradas nas estruturas formais dessas ferramentas, especialmente aquelas relativas à função da linguagem e a potencial composição de comunidades discursivas em ambientes virtuais colaborativos.

Palavras-chave: social bookmarking systems. bibliography management systems. social tagging motivation. social tagging informetrics. social software. discursive communities. sistemas de social bookmarking. características. sistemas de gerenciamento de referência

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A VOZ DE SUJEITOS-READAPTADOS EM DISCURSO: O LUGAR DO BIBLIOTECÁRIO . Ponto de Acesso v. 4, n. 2, ago./set. 2010   (ARTIG)
  BASTOS, Gustavo Grandini; FAUSTINO, Gabriela Gimenez; ALMEIDA, Ludmila Tatiane Rodrigues de; ROMÃO, Lucília Maria de Sousa
A realidade brasileira tem apresentado cada vez mais professores readaptados ocupando o lugar dos bibliotecários dentro das bibliotecas escolares brasileiras. Apesar da existência de diversos trabalhos na área da Ciência da Informação que enfoquem essa questão, chama a nossa atenção a ausência de pesquisas focadas na maneira que esses sujeitos-readaptados falam de sua atuação nesses espaços. Propomos, então, estudar através de uma comunidade virtual destinada a esses sujeitos, como eles discursivizam seu trabalho dentro das bibliotecas escolares e a forma que compreendem essa denominada readaptação profissional. Mobilizamos a Análise do Discurso de matriz francesa, especialmente as noções de sujeito, discurso e memória, para interpretar o dizer desses sujeitos e, no que se refere à Ciência da Informação, trabalhamos com a movimentação de sentidos acerca dessas unidades informacionais, discutindo a readaptação desses profissionais em um campo de trabalho que é diverso do seu. Nessa direção, construímos uma série de reflexões acerca das bibliotecas escolares.

Palavras-chave: Subject. discourse. memory. school library. virtual community. sujeito. discurso. memória. biblioteca escolar. comunidade virtual

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  BIBLIOTECA COMUNITÁRIA ESCRITOR LIMA BARRETO: ESPAÇO PARA PRÁTICAS DE MUDANÇAS SOCIAIS . Ponto de Acesso v. 4, n. 3, jul./dez. 2010   (ARTIG)
  SANTOS, Maria José Veloso da Costa; SENNA, Ana Maria; MIRANDA, Maria de Fátima
RESUMO: Bibliotecas comunitárias constituem-se espaços de memória e informação bem como, agentes de mudança sociocultural nas comunidades às quais servem. Guardam semelhança com as bibliotecas públicas e populares mantendo suas singularidades. O campo estudado é a Biblioteca Comunitária Escritor Lima Barreto, situada no Complexo da Maré, Rio de Janeiro (RJ), como espaço para políticas de mudanças sociais. A abordagem metodológica é a de estudo de caso que concretiza-se por meio de observação direta e da aplicação de questionários. Procura identificar o impacto dos serviços oferecidos pela biblioteca a esta comunidade economicamente carente, assim como as formas de melhoria destes serviços, com o objetivo de contribuir para a formação de cidadãos mais críticos, conscientes dos direitos de sua cidadania, acesso à informação e melhoria educacional.

Palavras-chave: Community Libraries. Escritor Lima Barreto Community Library. Maré Community (Rio de Janeiro. Brasil). social change. Ciência da Informação. Bibliotecas comunitárias. Biblioteca Comunitária Escritor Lima Barreto. Comunidade da Maré (Rio de Jan

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Inclusão digital contextualizada para a inclusão social de comunidades isoladas . Inclusão Social v. 4, n. 1, 2010   (ARTIG)
  AKHRAS, Fabio Nauras
Este artigo descreve projetos de inclusão digital contextualizada que vêm sendo desenvolvidos em comunidades isoladas do Norte e Nordeste do Brasil, que têm pouquíssima ou nenhuma possibilidade de acesso a computadores, pela ausência nessas comunidades da infraestrutura mínima exigida pelos programas de inclusão digital existentes para a implantação de laboratórios de informática. De acordo com a metodologia utilizada nesses projetos, o aprendizado para inclusão digital é situado no contexto social dos estudantes e é baseado em atividades autênticas de desenvolvimento de projetos para a internet que são signifi cativos no seu contexto social. Com isso, as crianças e jovens aprendem a utilizar a internet não apenas como simples usuários, mas criando conteúdos para expressar aspectos relevantes do seu contexto social. Projetos piloto têm sido desenvolvidos em comunidades de agricultura familiar e de assentamentos de reforma agrária nos municípios de Picuí e Remígio, na Paraíba, e em comunidades ribeirinhas de Caxiuanã no município de Melgaço, no Pará. O principal resultado dos projetos é tornar os estudantes construtores dos conteúdos relevantes para a inclusão social da sua comunidade, aumentando a relevância social e os ganhos do programa de inclusão digital, e ampliando as possibilidades de a comunidade obter inclusão social a partir da inclusão digital.

Palavras-chave: Isolated communities. digital inclusion. social inclusion. Mobile computers. Comunidades isoladas. inclusão digital. inclusão social. Computadores móveis

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Espaço interativo: modelo de relação universidade-empresa baseada em comunidades de prática . Ciência da Informação v. 39, n. 1, jan./abr. 2010   (ARTIG)
  CORNÉLIO, Neiva Aparecida Gasparetto; ABREU, Aline França de; COSTA, Eliete de Oliveira
Este artigo apresenta a síntese de um projeto de pesquisa do Núcleo de Estudos em Inovação, Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) cujo objetivo foi desenvolver um modelo de relação entre universidades e empresas por meio de um ambiente presencial e virtual que promova a difusão da ciência, tecnologia e inovação, baseado no compartilhamento do conhecimento entre membros de uma comunidade de prática. O modelo estimula a construção do conhecimento a partir das tecnologias da Web 2.0, visando a promover o processo de transferência do conhecimento das instituições de ensino/pesquisa ao setor produtivo. A metodologia de construção deste modelo compreendeu cinco etapas: 1) fase decisória: definição do tema e delimitação do problema; 2) revisão da literatura: dividido em três temas - gestão do conhecimento, gestão da inovação e comunidades de prática; 3) diagnóstico: levantamento de informações do cenário empresarial e do núcleo de pesquisa onde se aplicou o projeto-piloto; 4) desenvolvimento do modelo, e 5) aplicação do projeto-piloto. Conclui-se que o trabalho trouxe grandes contribuições, sendo a principal o desenvolvimento de um modelo que consegue estimular a aproximação do conhecimento universitário com a prática empresarial, criando condições favoráveis à inovação.

Palavras-chave: University-industry relationship. Interactive space. communities of practice. innovation. knowledge management. Relação universidade-indústria. Espaço interativo. comunidades de prática. inovação. gestão do conhecimento

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Redes sociais virtuais: premissas teóricas ao estudo em ciência da informação . Transinformação v. 22, n. 3, set./dez. 2010   (00008)
  CRUZ, Ruleandson do Carmo
Este artigo revisa trabalhos científicos de pesquisadores dedicados ao estudo das redes sociais - principalmente das redes sociais virtuais -, com enfoque em pontos relevantes ao campo da ciência da informação. Descreve teoricamente as redes sociais, as redes sociais virtuais, os sites de redes sociais virtuais e as comunidades virtuais. Conceitua os elementos de análise em redes sociais e em redes sociais virtuais. Caracteriza a informação circulante no contexto das redes sociais virtuais, bem como o usuário da informação online, o fluxo informacional e os elementos constituintes do capital social compartilhado em redes sociais formadas no ciberespaço. Apresenta constatações teóricas básicas ao estudo da informação em sites de redes sociais virtuais, dentre outros apontamentos.

Palavras-chave: virtual community. Information. social networks. user. comunidade virtual. Informação. redes sociais. usuário

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A biblioteca escolar na formação de comunidades de leitores- autores via web . Informação & Sociedade: Estudos v. 20, n. 1, jan./abr. 2010   (REVLI)
  FURTADO, Cassia Cordeiro; OLIVEIRA, Lisbeth
O artigo faz um recorte na literatura científica sobre a importância da leitura na sociedade atual e acentua a responsabilidade da escola e da biblioteca no incentivo a prática da leitura literária. Recomenda a formação de comunidade híbrida leitor-autor, pela biblioteca escolar, não só, através da plataforma digital, mas também, com aliança e interação entre as várias textualidades. Considera que com o uso das tecnologias participativas, a biblioteca escolar pode aproximar crianças e jovens da literatura, uma vez que seus principais usuários são os nativos digitais e convivem de forma habitual e intuitiva com o aparato tecnológico que permeia a humanidade.

Palavras-chave: school library. Community of Readers-authors. reading. writing. biblioteca escolar. Comunidade de Leitores-autores. leitura. escrita

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  REDES SOCIAIS E COMUNIDADES VIRTUAIS PARA A PRESERVAÇÃO E TRANSMISSÃO DAS TRADIÇÕES GAÚCHAS NA INTERNET . Informação & Sociedade: Estudos v. 20, n. 2, maio/ago. 2010   (ARTIG)
  LUVIZOTTO,Caroline Kraus; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borsetti Gregório
Considerando a potencialidade apresentada pelas tecnologias de informação e comunicação na atualidade este estudo aponta as formas pelas quais grupos sociais mobilizados em torno de uma vinculação étnica podem se servir do aparato da Internet, em especial do World Wide Web, para divulgar aspectos de sua cultura e modo de vida. Trata-se de grupos dedicados ao ensino, transmissão, preservação e disseminação da tradição gaúcha vinculados aos Centros de Tradições Gaúchas (CTG). Especificamente, este artigo apresenta como os tradicionalistas gaúchos estabelecem suas redes sociais na Internet, constituindo comunidades virtuais em torno do tema cultura e tradição gaúcha, fazendo uso dos serviços da Web 2.0. Abordam-se neste estudo experiências que indicam que o terreno virtual é fértil e possível de transformar e revolucionar o campo das tradições, sua preservação, disseminação e (re)invenção. No contexto de modernidade tardia esse recurso não pode ser descartado. Independente da análise se situar no campo econômico, político ou cultural, entre tantos outros, o fato é que a Internet se constitui num meio eficaz e abrangente de transmitir, ensinar e preservar conteúdos de todos os tipos

Palavras-chave: tradition. Modernity Late. social networks. virtual communities. Gaucho Traditions. Ciência da Informação. ciências sociais. tradição. Modernidade Tardia. redes sociais. comunidades virtuais. Tradições Gaúchas. tecnologias de informação e comu

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  “Biblioteconomia” no orkut: estudo exploratório de uma comunidade virtual formada por bibliotecários . Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina v. 15, n. 1, jan./jun. 2010   ()
  CRUZ, Ruelandson do Carmo
Apresenta resultados do estudo exploratório da comunidade virtual “Biblioteconomia”, presente no Orkut. Nela, parte dos mais de cinco mil membros da citada comunidade interage por meio do fórum de discussões, espaço em que trocam informações sobre os mais variados aspectos da prática profissional do bibliotecário. Revela os temas mais discutidos pelos estudantes de biblioteconomia e profissionais formados. Conclui que o fórum da referida comunidade serve, principalmente, como local para os bibliotecários participantes tirarem dúvidas acerca de tarefas a serem executadas em centros de informação, compartilhar experiências de trabalho, e balcão de oportunidades de emprego e estágio, dentre outras considerações apresentadas.

Palavras-chave: Virtual social networks. virtual communities. Informational conduct. librarians. Orkut. comunidades virtuais. comportamento informacional. bibliotecários. orkut. Redes Sociais Virtuais

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Desafios das tecnologias de informação e comunicação sob a perspectiva da gestão do conhecimento na sociedade em redes . DataGramaZero v. 11, n. 3, jun/2010   ()
  BERNETT, Deborah; VARVAKIS, Gregório
O presente artigo discorre, através de uma revisão bibliográfica, entre um determinado estado sociológico das tecnologias de informação e comunicação, a confiança e a segurança na sociedade em redes como fator de influencia sobre diferentes formas de organizações no mundo presente. Na passagem da era da informação para a era do conhecimento, nos deparamos com uma sociedade que se organiza em rede, onde a individualização da era da informação se transforma em sociabilização. O estudo da cultura da virtualidade real formada por processos de comunicação, apresenta o domínio da diversidade, e constrói um novo ambiente simbólico, valorizado pelo universo digital que liga em um hipertexto histórico, manifestações passadas, presentes e futuras da mente humana. Aponta-se o virtual como complexo e problemático, um nó de tendências ou de forças que acompanham situações e acontecimentos. Observa-se a formação de comunidades, onde o sentido de ‘comunidade’, revela um tipo de mundo que não está ao alcance de todos, mas onde todos gostariam de estar. No momento que se amplia essa discussão, reflete-se sobre a perspectiva da gestão do conhecimento para organizar essas respostas e superar os desafios das tecnologias de informações e comunicações na sociedade em redes.

Palavras-chave: Society network. Communities of pratice. Technologies of information. knowledge management. knowledge society. sociedade em rede. comunidades de prática. tecnologias de informação e comunicação. gestão do conhecimento. sociedade do conhecimento

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Bibliotecas públicas e uso das tecnologias de informação e comunicação para o desenvolvimento social . InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação v. 1, n. 1, 2010   ()
  OLINTO, Gilda
Este artigo tem como foco a biblioteca pública e seu papel de instituição facilitadora do acesso e uso das tecnologias de informação e comunicação (TICs), especialmente da internet. Ao mesmo tempo em que as TICs se difundem e se tornam indispensáveis em todos os tipos de atividades, mantêm-se as evidências sobre as desigualdades de acesso e usos dessas tecnologias que acompanham de perto as outras desigualdades sociais. Reflexões sobre o papel das bibliotecas públicas neste cenário sugerem a redefinição das suas funções. Ênfase passa a ser dada, não apenas o atendimento das necessidades de informação do seu público, mas também na sua competência em informação, sua participação cívica e seu acesso ao e- governo. Focalizando o caso brasileiro, mostram-se evidências sobre o baixo acesso à internet no país, sobre as lan houses como principal local de acesso à internet pelos segmentos menos favorecidos, aspectos que reforçam o protagonismo das bibliotecas públicas como instituição facilitadora do uso das TICs.

Palavras-chave: public library. internet use. Community informatics. digital divide. Information and communicationtechnology use. biblioteca pública. uso da internet. informação para a comunidade. divisão digital. Uso detecnologias de informação e comunicação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Mobile communication: from potential to uses and applications . Em Questão: Revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS v. 15, n. 1, 2009   (ARTIG)
  PELLANDA, Eduardo Campos
O presente trabalho busca fazer algumas atualizações, e con- seqüentes reflexões, sobre a comunicação móvel. O trabalho é um resgate de conceitos trabalhados anteriormente pelo autor e atualizado com exemplos mais recentes. O objetivo é contrastar o avanço da área e detectar elementos de evolução. O texto começa com um resgate dos conceitos e depois demonstra a aplicação com a citação de casos. Um dos pontos em questão é o uso da localização geográfica nas aplicações de internet móvel.

Palavras-chave: Mobile communication. Geographical location. virtual communities. Comunicação móvel. Internet. Internet. Localizaçãgeográfica. comunidades virtuais

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Informação e conhecimento em redes virtuais de cooperação científica: necessidades, ferramentas e usos . DataGramaZero v. 10, n. 2, abr. 2009   (ARTIG)
  MOURA, Maria Aparecida
A intensificação do uso das tecnologias interativas em rede ampliou o atual cenário de produção e comunicação científica com a conseqüente diversificação dos atores, o intercâmbio de funções e a relativa horizontalização das relações sociais no processo de produção científica. Nesse trabalho, buscou-se compreender os aspectos sociais e tecnológicos envolvidos nas novas dinâmicas de cooperação científica on-line. Apresentam-se as concepções de comunidade de prática, comunidades virtuais de prática e de redes sociais e o seu entrelaçamento na dinâmica de compartilhamento de informação e conhecimento. Descrevem-se as características gerais dos dispositivos digitais adotados no design de redes sociais de cooperação científica on-line e analisam-se os impactos dessas novas mediações na produção científica contemporânea.

Palavras-chave: online scientific cooperation. social networks. communities of practice. scientific communication. cooperação científica on-line. redes socais. comunidades de prática. Comunicação científica

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Ensinar e aprender em ambientes virtuais . ETD - Educação Temática Digital v. 10, n. 2, jun.2009   ()
  KENSI, Vani Moreira; GOZZ, Marcelo Pupim; JORDÃO, Teresa Cristina; SILVA, Rodrigo Gabriel da
Este artigo relata as estratégias e atividades realizadas em uma disciplina semipresencial desenvolvida durante o primeiro período letivo de 2008 com alunos de diversos cursos de pós-graduação da USP, em três diferentes ambientes virtuais de aprendizagem. A disciplina foi desenvolvida segundo os princípios das abordagens colaborativas de aprendizagem e tinha como objetivo viabilizar a formação de uma comunidade virtual entre os participantes. Dessa forma, todos puderam aprender não apenas o conteúdo da disciplina, mas a cultura subjacente ao uso de ambientes virtuais para a aprendizagem.

Palavras-chave: lms (learning managements systems). collaborative approaches. virtual communities. ambientes virtuais de aprendizagem. abordagens colaborativas. comunidades virtuais

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Mediação, circulação e uso da informação no contexto das redes sociais . ETD - Educação Temática Digital v. 9, n. 2, jun. 2008   ()
  RIBAS, Cláudia da Cunha; ZIVIANI, Paula
O presente trabalho busca compreender a mediação, a circulação e uso da informação no contexto das redes sociais que utilizam as tecnologias de informação e comunicação - TICs em sua organização. Para tanto, apreende-se e constitui-se um corpo de conhecimentos teóricos e empíricos, que visa refletir sobre redes de informação sob a ótica de redes sociais e redes virtuais como objeto de estudo da Ciência da Informação. Assim sendo, elege-se como foco norteador da análise a dinâmica da informação e do conhecimento em rede no âmbito das inter-relações sociais, virtuais e da modalidade de educação a distância no Brasil como possibilidade de criação de comunidades virtuais – proposição ainda pouco explorada no campo da Ciência da Informação. Nesse sentido, investiga-se a emergência de novas relações sociais para o entendimento de redes de informação.

Palavras-chave: social networks. networks of information. virtual networks. virtual communities. distance education. redes sociais. redes de informação. redes virtuais. comunidades virtuais. educação a distância

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Informação, informatividade e Lingüística Documentária: alguns paralelos com as reflexões de Hjorland e Capurro . DataGramaZero v. 9, n. 6, dez. 2008   ()
  LARA, Marilda Lopes Ginez de
Considera aspectos dos desenvolvimentos da Lingüística Documentária comparando-as às reflexões de Hjorland e Capurro, a partir do quadro de pesquisa sobre organização e comunicação da informação realizada pelo primeiro, e pelo panorama das discussões sobre o conceito de informação e de suas relações interdisciplinares, de ambos os autores. Procura estabelecer um paralelo entre a proposta brasileira e a dos autores, destacando o entendimento do conceito de informação como construção simbólica, a relação entre informação e comunidades discursivas, a construção da mensagem documentária e a preocupação com a integração da categoria recepção nos processos de organização da informação para o acesso.

Palavras-chave: documentary linguistics. information and informativeness. information and discursive communities. information communication. lingüística documentária. informação e informatividade. informação e comunidades discursivas. mensagem documentária.

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunidades em redes sociais na internet: um estudo de caso dos fotologs brasileiros . Liinc em revista v. 4, n. 1, mar. 2008   (ARTIG)
  RECUERO, Raquel
Redes sociais online são grupos de atores que se constituem através da interação mediada pelo computador. Essas interações são capazes de estabelecer novas formas sociais de grupos e comunidades. Através da discussão de diversos conceitos de comunidade e comunidade virtual, propõe-se o estudo das comunidades virtuais como uma forma de rede social. Esse debate teórico é discutido então no campo de estudo constituído pelo Fotolog, durante os anos de 2005 e 2006. O fotolog é um sistema que permite aos usuários a publicação de fotografias, textos e comentários. Dos dados coletados através de formas qualitativas e quantitativas, propomos uma tipologia para as comunidades virtuais baseada em sua estrutura (a rede em si) e sua composição (tipos de laços sociais e capital social). Esses tipos são definidos como comunidades virtuais emergentes, comunidades virtuais de associação e comunidades virtuais híbridas.

Palavras-chave: social networks. virtual communities. redes sociais. comunidades virtuais. fotolog. fotolog

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A COMUNIDADE CIENTÍFICA DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO BRASILEIRA . Informação & Sociedade: Estudos v. 18, n. 1, jan./abr. 2008   (REVLI)
  URBIZAGÁSTEGUI ALVARADO, Rubén; OLIVEIRA, Marlene de
Este estudo objetiva refletir sobre a existência de uma “comunidade científica” no campo da ciência da informação e biblioteconomia brasileira. Para tanto se revisa o conceito de cientista, de comunidade e de comunidade científica na literatura publicada. Finalmente, apresentam-se alguns indícios de formação da comunidade científica na ciência da informação e biblioteconomia no Brasil.

Palavras-chave: INFORMATION SCIENTIST. Scientific community. BRAZILIAN SCIENTIFIC COMMUNITY. BRAZILIAN SCIENCE INFORMATION. BRAZILIAN LIBRARY SCIENCE. cientista da informação. comunidade científica. comunidade científica brasileira. ciência da informação brasilei

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  O discurso comunitário: ideologia e interpretação . Em Questão: Revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS v. 14, n. 1, jan./jun. 2008   (ARTIG)
  YAMAMOTO, Eduardo Yuji
A comunicação comunitária é considerada uma das abordagens mais importantes do campo comunicacional. Atribui-se a ela não apenas a idéia de democratização dos meios, mas, sobretudo, como realizadora de práticas contrárias às tendências globalizantes do mercado em seus processos de exclusão social, econômica e cultural. Essa idéia, entretanto, é contestada quando se observa os limites impostos à comunicação comunitária, tanto pelas elites locais que a cooptam em seus sistemas de influência, quanto pelas pressões dos grandes conglomerados da comunicação. O objetivo desse trabalho é analisar criticamente o discurso da comunicação comunitária no contexto da atual economia política da comunicação. Resultante do processo histórico do capitalismo, a comunicação comunitária é aqui compreendida como produto ideológico, prática inscrita num campo de disputas sociais regida pelas forças que a tentam cooptar.

Palavras-chave: community. Communitarian Communication. Communitarian Discourse. Ideology. comunidade. comunicação comunitária. discurso comunitário. ideologia

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunidades Virtuais como Ambiente Potencializador de Estratégias Mercadológicas: Locus de Informações e Troca de Experiências Vivenciadas . Perspectivas em Ciência da Informação v. 13, n. 3, set./dez. 2008   (ARTIG)
  ABREU, Nelsio Rodrigues de; BALDANZA, Renata Francisco; SETTE, Ricardo de Souza
Esta pesquisa objetivou investigar a potencialidade da utilização de comunidades virtuais como fonte de informações para estratégias mercadológicas no setor de turismo. Utilizou-se uma pesquisa qualitativa com grupos focais on-line. Os resultados demonstraram que, através de colaboração espontânea, as pessoas trocam experiências vivenciadas, que surtem efeitos positivos no que tange à aquisição de produtos e serviços turísticos. Salienta-se que as informações são repassadas sem o objetivo de transacionar bens ou serviços, mas apenas como uma contribuição voluntária entre os interagentes das comunidades virtuais.

Palavras-chave: virtual communities. Marketing. Internet. tourism. comunidades virtuais. marketing. Internet. turismo

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Aprendizagem organizacional em unidades de informação: do grupo focal à comunidade de prática . Perspectivas em Ciência da Informação v. 13, n. 3, set./dez. 2008   (ARTIG)
  DUARTE, Emeide Nóbrega; SILVA, Alzira Karla Araújo da; SANTOS, Edilene Toscano Galdino dos; LIMA, Izabel França de; RODRIGUES, Marcos Paulo Farias; COSTA, Suzana Queiroga da
Apresenta os resultados do mapeamento das práticas para a promoção da aprendizagem organizacional. Registra a possibilidade de originar o processo de aprendizagem com as próprias experiências e as dos outros, ao adotar-se a técnica de grupo focal, facilitadora da formação de “comunidades de prática”. Caracteriza-se como estudo de caso múltiplo em unidades de informação, instrumentalizado pela entrevista e observação, tendo como sujeitos os bibliotecários. Conclui que a partilha de experiências possibilita a construção de um conhecimento coletivo de aprendizagem e identidade.

Palavras-chave: organizational learning. FOCUS GROUP. Information unit. Community of practice. aprendizagem organizacional. grupo focal. unidade de informação. comunidade de prática

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunidade virtual e sua inserção no processo educacional como forma de ampliação do campo das relações . ETD - Educação Temática Digital v. 9, n. 1, dez. 2007   (ARTIG)
  MACHADO, Rejane Ramos
Este trabalho tem como premissa demonstrar o uso de comunidade virtual como forma de ampliação do campo das relações em conformidade com o objetivo de ensinar e aprender. Para melhor entender a questão realizou-se levantamento bibliográfico da literatura a respeito do tema e posterior observação da comunidade objeto do estudo. A partir das leituras feitas e da análise da comunidade em seu período ativo foi possível perceber o entendimento do uso nessa comunidade virtual de aprendizagem e as questões que nortearam o seu fluxo. Fica claro que a tecnologia é a ferramenta que possibilita o incremento da comunidade como um instrumento potencializador da comunicação, mas, constata-se que sem o sentimento de pertencimento e o trabalho colaborativo a construção do conhecimento coletivo não atinge resultados satisfatórios

Palavras-chave: virtual community. teaching-learning. access the information. comunidade virtual. ensino-aprendizado. acesso à informação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Quem você conhece? Discutindo as possibilidades pedagógicas do orkut . ETD - Educação Temática Digital v. 9, n. 1, dez. 2007   (ARTIG)
  FORTE, Glenilce Maria de Sousa; ROCHA, Sinara Socorro Duarte
Este artigo busca investigar as múltiplas possibilidades educativas das comunidades virtuais, com ênfase no site de relacionamentos Orkut, analisando suas características, funcionamento e emergência no ciberespaço. Discute a possibilidade de usá-lo tanto numa perspectiva individual o sujeito traçando seu percurso quanto numa perspectiva social, visando formar novas comunidades virtuais em torno de interesses comuns, mas voltados para atividades pedagógicas. Dentre as diferentes comunidades virtuais existentes neste site, analisou-se apenas as comunidades virtuais constituídas com a finalidade de compreender as potencialidades da rede nos processos de aprendizagem de alunos e na formação continuada de professores. Conclui-se, inicialmente que a Internet tem transformado as relações sociais e de aprendizagem através do cyberespaço, que o grande desafio é transportar essa inovação para dentro dos muros escolares, sendo necessária a interação entre governo e sociedade acadêmica, tendo a informática educativa papel decisivo neste processo de transformação da sala de aula.

Palavras-chave: virtual communities. new techonologic in education. comunidades virtuais. orkut. novas tecnologias na educação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Los marcos legales de las bibliotecas nacionales: análisis comparativo aplicado a los Países Lusófonos . DataGramaZero v. 8, n. 6, dez. 2007   (ARTIG)
  MELO ALVES, Fernanda Maria
El artículo presente discute la diversidad que caracteriza a la generalidad de las bibliotecas nacionales. Asimismo, se aborda la necesidad de legislar sobre las dichas instituciones. Y se estudia la propuesta de Lor al respecto de los parámetros considerados indispensables para la elaboración de sus marcos legales. A la luz de dicha propuesta, se establecen una serie de ítems que se aplican al análisis y comparación de los marcos legales de las Bibliotecas Nacionales de los Países Lusófonos. Se busca conocer la situación concreta de cada una de las instituciones seleccionadas en lo relativo al marco legislativo correspondiente, o sea, las leyes que marcaron su creación en el caso de aquellas relativamente recientes, o la ley vigente en las instituciones más antiguas. Se pretende encontrar algunas causas de la especificidad de cada marco legal, a la hora de legislar sobre sus Bibliotecas Nacionales, en las diferentes constituciones de cada país. Con los resultados alcanzados, se piensa aportar unas conclusiones con alguna validez a la hora de legislar sobre instituciones similares o de modernizar los marcos legales existentes.

Palavras-chave: national libraries. lusophone national libraries. legislation. community of the portuguese language countries (cplp). bibliotecas nacionales. bibliotecas nacionales lusófonas. marcos legales. comunidad de los países de lengua portuguesa (cplp). bi

download PDF  | ABNT | VANCOUVER

  Connotea: site para a comunicação científica e compartilhamento de informações na Internet . Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação v. 5, n. 1, jan./jun. 2007   (ARTIG)
  PAVAN, Cleusa; DANTAS, Geórgia Geogletti Cordeiro; STUMPF, Ida Regina Chitto; CAREGNATO, Sônia Elisa
A Internet é reconhecidamente um terreno fecundo para as comunidades científicas, por sua rapidez, diversidade e possibilidades de novas formas de interação. O desenvolvimento de sites de social bookmarks, como o Connotea, permite aos pesquisadores gerenciar informações na Internet, organizando e compartilhando referências com seus pares científicos. Analisa-se este site que possui um caráter social e se apresenta como um novo espaço informal para compartilhamento de informações, criação de grupos e construção de bibliotecas próprias através do emprego de palavras-chave. Também, abordam-se os conceitos de comunidades científicas, social bookmarks e Folksonomia. Considera-se que o Connotea reproduz algumas tendências naturais das comunidades científicas e permite o intercâmbio entre as diferentes áreas do conhecimento.

Palavras-chave: Scientific community. folksonomy. comunidade científica. social bookmarks. folksonomia. connotea

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  IFLA/ALP E AMÉRICA LATINA: UMA ALIANÇA SUSTENTÁVEL PARA AMPLIAR O ACESSO AOS SERVIÇOS BIBLIOTECÁRIOS E DE INFORMAÇÃO NA REGIÃO(*) . Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação v. 3, n. 2, jul./dez. 2007   (ARTIG)
  ALIAGA, César Castro
Apresenta-se um recorte de projetos desenvolvidos pelo Programa ALP na América Latina e Caribe, em especial, aqueles relacionados aos povos indígenas, em razão de carências de serviços bibliotecários e de informação detectados e de alcance de objetivos de ações estratégicas da IFLA. O objetivo é um cenário geral, visando a estimular a participação das entidades do Estado, instituições privadas e organizações da sociedade para o enfrentamento de desigualdades e da exclusão social, cenário onde as bibliotecas devem estar presentes.

Palavras-chave: Programa ALP/IFLA. Pueblos indígenas. Servicios de información. programa alp. ifla. comunidades indígenas. serviços de informação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A promoção da mudança através do desenvolvimento de projectos de vida em Portugal . Inclusão Social v. 2, n. 2, abr./set. 2007   (COMUN)
  BAHIA, Sara; LIMA, Rosa
Numa cultura que dicotomiza os “uns” e os “outros”, valorizando claramente os “uns” e piedosamente tolerando os “outros”, é urgente promover a mudança no sentido de aceitar plenamente a diversidade e desenvolver a equidade. Nesta perspectiva, podem constituir um contributo possível o desenvolvimento de projectos de vida que permitam experimentar uma vivência pessoal e culturalmente relevante e o desenvolvimento de diferentes formas de expressão do potencial criativo dos indivíduos que o meio social rotulou como possuindo deficiência mental. Propõe-se uma investigação-acção com uma amostra de indivíduos portadores de deficiência mental com nível de autonomia pessoal e social razoáveis, visando à promoção do desenvolvimento de competências e a definição de objetivos de vida na comunidade envolvente. Apresenta-se a fundamentação teórica subjacente aos princípios orientadores da investigação-acção, bem como uma discussão das propostas concretas a desenvolver em colaboração com a instituição que os sujeitos frequentam.

Palavras-chave: autonomy. personal development. community. inclusion. Life projects. autonomia. desenvolvimento pessoal. comunidade. inclusão. Projectosde vida

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Uma revisão da classificação de comunidades virtuais proposta por Henri e Pudelko . Informação & Sociedade: Estudos v. 17, n. 3, set./dez. 2007   (ARTIG)
  SZABO, Inácio; SILVA, Rubens Ribeiro Gonçalves da
Apresenta a escolha pela classificação de comunidades virtuais definida por Henri e Pudelko (2003) dentre os critérios de classificação propostos por diversos autores. Descreve a teoria social do aprendizado de Wenger (1998), na qual se baseia a referida classificação de comunidades virtuais. Apresenta exemplos de cada um dos tipos de comunidades propostos por Henri e Pudelko (2003). Propõe uma revisão da classificação, substituindo seu enfoque corporativista por outro, de cunho sócio-humanista, e acrescentando-lhe um tipo representando as comunidades virtuais de conhecimento (CVC). Conclui constatando a importância da classificação de Henri e Pudelko (2003) como ponto de partida para a seleção das CVC a serem investigadas na pesquisa para a dissertação de mestrado em andamento no POSICI/UFBA.

Palavras-chave: cyberspace. virtual communities. classification. learning. knowledge. Information. knowledge. Information. ciberespaço. comunidades virtuais. classificação. aprendizado. conhecimento. Informação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunidades de Aprendizagem: experiência acadêmica no Projeto Integrado em Gestão da Informação . Informação & Informação v. 12, n. 1, jan./jun. 2007   (RELAT)
  FREITAS, Maria do Carmo Duarte; SILVA, Helena de Fátima Nunes; MARCHIORI, Patrícia Zeni; BREDA, Sônia Maria
Reflexão sobre o ensino superior baseada no relato da experiência do Projeto Integrado em Gestão da Informação (PIGI), do Curso de Gestão da Informação da Universidade Federal do Paraná. Discorre sobre os traços distintivos do atual mundo do trabalho e sua relação com a formação universitária. Expõe os fundamentos das comunidades de aprendizagem. Descreve a proposta e a metodologia do PIGI. Apresenta dados de avaliação do Projeto, ressaltando os ganhos para docentes e discentes envolvidos e elencando sugestões para aprimoramento do processo formativo do gestor da informação. Destaca os elementos “prática” e “compartilhamento” como pontos altos dessa experiência, que se pode constituir em ensaio para efetivação de uma comunidade de aprendizagem.

Palavras-chave: Higher Education – teaching methods. Univer-sity Teaching. Learning Communities - experi-ences. Information Management – Professional Education. educação superior - metodologias de ensino. ensino superior. comunidades de aprendizagem - experiências

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A televisão e a comunidade surda: um olhar sobre as diferenças . Comunicação & Informação v. 9, n. 1, jan./jun. 2006   (ARTIG)
  ALMEIDA, Wolney Gomes
Este estudo trata da relação existente entre a Comunidade Surda e a mídia televisiva, principalmente no que diz respeito à acessibilidade desse grupo social ao meio, diante das limitações comunicacionais evidenciadas.As bases dos Estudos Culturais trazidas por Stuart Hall e defendidas , juntamente com os Estudos Surdos, por Skliar e Nídia Sá são trazidas como suporte teórico, sobretudo na perspectiva do olhar sobre a Identidade Cultural e a Diferença. Assim, observa-se a Comunidade Surda a partir de sua representação social e cultural.

Palavras-chave: television. deaf community. inclusion. televisão. comunidade surda. inclusão

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Cientificamente favelados: uma visão crítica do conhecimento a partir da epistemografia . Transinformação v. 18, n. 2, maio/ago. 2006   (ARTIG)
  GARCÍA GUTIÉRREZ, Antonio
Análise do conhecimento, e de sua organização, a partir da Epistemografia interativa, opondo-a à Epistemologia. Esta última, tradicionalmente vinculada ao conhecimento ordenado e elitista, termina por ignorar grande parte do conhecimento socialmente produzido, confinando-o às favelas do conhecimento. Ao propor, em seu lugar, a Epistemografia interativa, destaca-se, em primeiro lugar, a necessidade de incorporar ao conhecimento e à sua organização as questões éticas, culturais e políticas. Nesse sentido, o objetivo da Epistemografia é estar presente nos ambientes de conhecimento propositalmente excluídos dos processos contemporâneos de inscrição e fluxo, de modo a possibilitar sua incorporação às redes digitais em que transitam os conhecimentos dominantes. Para isso, propõe a criação de ferramentas para desclassificar o conhecimento, tanto o que já está classificado, como o que está por ser classificado. Tal desclassificação supõe a reabilitação da contradição, como recurso pós-epistemológico, e a substituição da lógica dominante por uma lógica paraconsistente. A Epistemografia intervêm, portanto, para acolher o conhecimento excluído, devolvendo-lhe a legitimidade negada pelos processos convencionais de reconhecimento e ordenação.

Palavras-chave: interactive epistemography. epistemology. organization of knowledge. non-epistemologi communities. epistemografia interativa. epistemologia. organização do conhecimento. comunidades não-epistemológicas

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A abordagem sócio-cultural da informação . Informação & Sociedade: Estudos v. 16, n. 2, jul./dez. 2006   (ARTIG)
  NASCIMENTO, Denise Morado
Se o conceito de informação é importante para a área da Ciência da Informação (CI), este deve estar ancorado por um ponto de vista teórico que possa estabelecer princípios do que seja informação e como investigá-la. É este o nosso interesse investigativo: como olhar a informação? Nossa estratégia será distanciar de uma revisão de literatura conceitual dos autores contemporâneos da área, e entranhar por uma breve análise da evolução das investigações científicas da CI, completando-a com as formulações feitas por Birger Hjørland - a informação é investigada por meio da abordagem sócio-cultural e dos conceitos de comunidade discursiva e análise de domínio no que diz respeito ao conceito de informação atrelada às abordagens teóricas da CI.

Palavras-chave: INFORMATIONAL PRACTICE. discursive communities. domain analysis. prática informacional. comunidades discursivas. análise de domínio

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A nova ecologia do conhecimento: conteúdo aberto, aprendizagem e desenvolvimento . Inclusão Social v. 1, n. 2, abr./set. 2006   (COMUN)
  LITTO, Frederic Michael
O advento de Recursos Educacionais Abertos (OERs), componentes grandes ou pequenos de conhecimento disponibilizados na Web, sejam livremente ou relacionados a um curso ou programa de estudos, representam uma significativa opção para aumentar acesso democrático ao conhecimento e à racionalização de despesas com livros-texto e outros materiais para a a aprendizagem em todos os níveis. Parte do movimento “aberto”, seus proponentes visam a enriquecer e aprofundar a compreensão de aprendizes e encorajar o reuso, adaptação e disseminação livre de conteúdos educacionais.

Palavras-chave: learning. Open content. Open educational resources. communities of practice. information technology. Networks. aprendizagem. conteúdo aberto. recursos educacionais abertos. comunidades de prática. Tecnologia da informação. redes

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A INFORMAÇÃO NA COMUNIDADE DE SANTA CLARA: o que mudou? . Biblionline v. 1, n. 1, jan./abr. 2005   (ARTIG)
  NASCIMENTO, Deise Santos do; ALBUQUERQUE, Maria Elizabeth Baltar Carneiro de
Analisa as formas de participação dos moradores da comunidade Santa Clara nos projetos e ações comunitárias desenvolvidas pela Universidade Federal da Paraíba ? UFPB e o Governo do Estado da Paraíba, através da Secretaria de Trabalho e Ação Social ? SETRAS, considerando os projetos e oficinas realizadas com os moradores participantes e os benefícios trazidos à comunidade. Desta forma, utilizou-se a entrevista para coleta dos dados o que possibilitou através das falas dos coordenadores dos projetos e dos moradores da comunidade identificar como resultado dessa parceria o resgate da auto-estima na formação do cidadão e o desenvolvimento social da comunidade.

Palavras-chave: COMUNIDAD. INFORMACIÓN UTILITARIA. EXTESION UNIVERSITARIA. ACCIONES COMUNITARIAS. comunidade. informação utilitária. extensão universitária. AÇÃO COMUNITÁRIA

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  La comunicación corporativa y herramientas para desarrollar la presencia en el web . Comunicação & Informação v. 7, n. 1, jan./jun. 2004   (ARTIG)
  ROJO VILLADA, Pedro Antonio
La comunicación corporativa en Internet desarrolla un programa completo mediante estrategias y tácticas para desarrollar la presencia de una institución en la web. Las empresas más grandes tendrán diferentes necesidades que las de menor tamaño. Internet es un nuevo medio, una nueva forma de comunicación, mucho más interactiva, mucho más personalizada que cualquiera de los medios existentes hasta el presente. Esto presenta nuevos desafios, pero también un gran riesgo para quienes no sepan adaptarse o seguir la tendencia. La mayoría de las empresas está empezando a tomar conciencia de la importancia de Internet y del impacto directo sobre sus negocios, independientemente del tamaño que tengan. Una de las principales razones por las cuales internet no ha despegado de manera exponencial es porque los empresarios todavía no saben ni cómo, ni por dónde empezar. En este sentido se hace necesario armar una estrategia de marketing., publicidad, promoción y ventas para que la empresa puedadar los primeros pasos en el ciberespacio.

Palavras-chave: Estratégias de comunicação. Marketing na internet. Relações públicas. Publicidade. Promoção. Comércio eletrônico. Comunicação corporativa. Comunidades virtuais-. Estrategias de comunicación. Marketing en Internet. Relaciones públicas. Publicida

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A “Informação Construída” nos meandros dos conceitos da Teoria Social de Pierre Bordieu . DataGramaZero v. 5, n. 5, out. 2004   (ARTIG)
  NASCIMENTO, Denise Morado; MARTELETO, Regina Maria
Este artigo parte do entendimento da informação como elemento inserido em dimensões sociais e culturais, amparado pela oferta conceitual da sociologia da cultura de Pierre Bourdieu. A “informação construída” no espaço social, diz respeito também à visão de Birger Hjørland sobre o domínio do conhecimento dentro das comunidades discursivas. Enfim, uma proposta conceitual elaborada como possibilidade de aproximação da Ciência da Informação com as Ciências Sociais.

Palavras-chave: constructed information. cultural sociology. discourse communities. informação construída. sociologia da cultura. comunidade discursiva

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunidades científicas e infra-estrutura tecnológica no Brasil para uso de recursos eletrônicos de comunicação e informação na pesquisa . Ciência da Informação v. 32, n. 3, set./dez. 2003   (ARTIG)
  PINHEIRO, Lêna Vania Ribeiro
Estudo do uso de recursos eletrônicos de comunicação e informação por pesquisador brasileiros, na geração de novos conhecimentos. A análise abrange a freqüência de participação na rede, fatores intervenientes, finalidades de uso e o grau de relevância dessa tecnologia. No acesso e uso da informação cientifica e técnica são comparados os recursos eletrônicos/ digitais e os impressos/ tradicionais. A partir dos resultados são identificadas percepções e perspectivas, entre as quais a aproximação entre comunicação científica e divulgação científica, a confluência dos processos de comunicação e informação e o crescente interesse pela temática da pesquisa, inclusive no Brasil. Pela importância dos recursos eletrônicos para pesquisa há necessidade de sua expansão e atualização constantes, com investimentos das instituições e sua inserção nas políticas públicas nacionais.

Palavras-chave: Scientific communication in Brazil. Electronic resources ofcommunication. Electronic resources of information. BrazilianScientific communities. Use of information technologies.. Comunicação científica no Brasil. Recursos eletrônicos decomunicação.

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Prática extensionista e ação bibliotecária . Infociência v. 3, n. 1, 2003   (RELAT)
  BOTTENTUIT, Aldinar Martins; CASTRO, César Augusto
Relato de práticas extensionistas vivenciadas no Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Maranhão - UFMA, na União Recreativa e Beneficente dos Moradores da Vila Vitória, São Luís - MA. Buscou-se com este trabalho, oportunizar aos alunos do referido curso uma vivência cidadã com os comunitários no que se refere às práticas informacionais, de leitura e pesquisa escolar. Desenvolveram-se atividades tendo como eixo norteador a disciplina Assistência ao usuário, tais como: seminários sobre informação e conhecimento, leitura e práticas leitoras; biblioteca comunitária; práticas de pesquisa escolar e fontes e recursos de informação e foram programados cursos de pesquisa escolar, uso de fontes de recursos da informação, como forma de melhorar a busca e uso dos materiais bibliográficos disponíveis, bem como de práticas de leitura, visando incentivá-los e inserí-los no mundo da leitura e da escrita, condições necessárias para o exercício da cidadania numa sociedade da informação. Depreende-se, com esta experiência, a necessidade de se manterem práticas dessa natureza no Curso de Biblioteconomia, alicerçada numa qualidade política, para (re)significar as nossas aulas, oferecer um conteúdo mais significativo para os alunos e assim potencializar a nossa prática docente e bibliotecária.

Palavras-chave: Continuing education - course of librarianship UFMA. Services to the community. Action librarian. extensão universitária - curso de biblioteconomia da ufma. serviços a comunidade. ação bibliotecária

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  La enseñanza universitaria y su extensión en comunidades de frontera: un proyecto dirigido a promover políticas sociales para el ciudadano como usuario de información y lectura . Transinformação v. 15, n. 2, maio/ago. 2003   (ARTIG)
  SABELLI, Martha
El proyecto aquí presentado, "Promoción del acceso y uso de información por el ciudadano: Rivera - Actividades de Extensión de la Carrera de Bibliotecología en la comunidad" (2002-2004), se inscribe en la orientación de la tradición universitaria y políticas de extensión de la Universidad de la República. Asimismo busca formar y consolidar una Unidad de Extensión en la EUBCA, promover la integración universitaria y contribuir a la recuperación de espacios de incidencia y compromiso social. El fundamento teórico está basado en el principio universal del derecho a la información como derecho social que desempeña un rol esencial en el ejercicio de la ciudadanía. En los contextos críticos del Uruguay son imprescindibles políticas públicas sociales, que además de formar parte de uan estrategia de desarrollo, consoliden la ciudadanía política y ayuden a construir la social. La propuesta se basa en considerar el acceso, uso y apropiación de la información por el individuo como un derecho intrínseco que tiene y debe ejercer como ciudadano, y por tanto, apunta a promover políticas públicas dirigidas a satisfacer las necesidades de información. Los Servicios de Información a la Comunidad La Enseñanza y centros de promoción de lectura, aparecen como un modelo a construirse localmente con participación social y compromiso universitario. Se diseña como proyecto piloto de extensión e investigación de la Carrera de Bibliotecología, iniciada en agosto de 2001 en la ciudad de Rivera, con estudiantes de distintas zonas de los Departamentos de Rivera y Tacuarembó, como también de Santana do Livramento, Brasil. Las problemáticas actuales exigen la inserción de los estudiantes en la sociedad y sus necesidades, como también reclaman la promoción de la enseñanza y de la investigación de la disciplina en el Uruguay con enclave en el medio social. Una dinámica participativa, a través de un intercambio de vivencias, saberes y experiencias, enriquecerá a todos los actores.

Palavras-chave: Continuing education. University extension projects. Information services to the community - sic. right to information. Social public policy. La educación continua. Universidad de los proyectos de extensión. Servicios de información para la comunid

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  As tecnologias da informação e a exclusão digital . Transinformação v. 14, n. 2, jul./dez. 2002   (00000)
  LUCAS, Clarinda Rodrigues
As tecnologias da informação e a nova economia baseada no conhecimento provocam debates concernentes às dimensões sociais, políticas e culturais consequêntes ao seu uso, consolidadas no termo exclusão digital, que tem aparecido com frequência na mídia, na Internet em alguns artigos da área da Ciência da Informação, referindo-se ao não uso destes recursos tecnológicos. Por exclusão digital ou infoexclusão, entende-se a diferença socioeconômica entre indivíduos, famílias, empresas e regiões geográficas, decorrentes da desigualdade quanto ao acesso e uso das tecnologias da informação, representada pela Internet. No âmbito das bibliotecas, consideradas instituições sociais que podem ter um sentido de comunidade, isto é, um espaço de conexão entre recursos de informaçãop com as comunidades que as utilizam, o objetivo de inclusão social estaria concretizado em políticas de informação para a cidadania, em oposição à exclusão socioeconômica. Neste texto são analisados os aspectos ligados às questões relativas ao uso e às políticas que cercam a tecnologia da informação e lhe atribuem conteúdo.

Palavras-chave: digital exclusion. information technology. digital libraries. virtual communities. exclusão digital. tecnologias da informação. bibliotecas digitais. comunidades virtuais

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A universalização da informação . Ciência da Informação v. 30, n. 1, jan./abr. 2001   (ARTIG)
  VEIGA FILHO, João Pimenta da
Trata das ações preponderantes do Ministério das Comunicações no que se refere a serviços de telecomunicações. Apresenta o Programa Telecomunidade, como importante instrumento na preparação da sociedade brasileira para a era digital. O Programa contempla as áreas de educação, saúde, bibliotecas e segurança pública, promove a conectividade de áreas remotas e de fronteiras de interesse estratégico e propicia, em particular, o acesso de portadores de deficiência física às novas tecnologias.

Palavras-chave: information universalization. telecommunications. telecommunity. education. health. library. public safeguard. handcaps – access to new technologies. universalização da informação. telecomunicações. telecomunidade. Educação. saúde. Biblioteca

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Considerações em torno da informatização de grupos de baixa renda no Rio de Janeiro e sua relação com o conceito de informação transformadora de estruturas . DataGramaZero v. 2, n. 6, dez. 2001   (ARTIG)
  CARREGAL, Lucia Thereza Lessa
Este artigo apresenta o papel exercido, hoje em dia, pela informatização das comunidades, localizando-a em um contexto brasileiro de desigualdade, em que o poder da tecnologia contrasta com a exclusão e a pobreza. Apontam-se caminhos pelos quais a informação - se geradora de transformações estruturais - pode ser usada para ajudar iniciativas comunitárias para a superação do abismo tecnológico e o desenvolvimento socioeconômico, com ênfase nas condições educacionais e comunicacionais das comunidades de baixa renda. São trazidas também indicações para uma compreensão política desse processo.

Palavras-chave: informatization. community. Information. communication policies. political communication. informatização. comunidade. Informação. política de comunicação. comunicação política

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A pessoa surda: aspectos de desenvolvimento/ aprendizagem e contextos de educação bilingüe . Revista Online da Biblioteca Prof. Joel Martins v. 2, n. 3, jun. 2001   (COMUN)
  KYLE, Jim
As pessoas surdas formam um dos mais mal compreendidos grupos no mundo. Eles existem em todos os países, desenvolveram sua própria língua, comunidade e cultura mas têm tido grandes dificuldades em obter reconhecimento e provimento sociais. Neste artigo, as metas para as pessoas surdas são consideradas a partir da compreensão de sua linguagem e comunidade; os dados foram obtidos de um estudo internacional realizado em 17 países europeus com o objetivo de possibilitar uma melhor compreensão no que se refere às pessoas surdas. As conclusões são desoladoras: as pessoas surdas aprendem sua língua tarde demais na escola ( e não em casa), encontram poucas situações nas quais podem usá-la e são limitadas em suas tentativas de oferecer contribuições à sociedade por conta de falhas na compreensão e na competência de linguagem do profissional. Este fato é, provavelmente, o maior impacto sobre a vida da comunidade surda. Torna-se claro que nosso modelo social de serviço à pessoa surda necessita ouvir muito mais à pessoa surda para podermos responder a ela mais efetivamente.

Palavras-chave: deaf community. sign language. comunidade surda. língua de sinais

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Organizações virtuais: contribuições ao estado da arte . Informação & Sociedade: Estudos v. 11, n. 1, 2001   (ARTIG)
  JACOSKI, Claudio Alcides; ABREU, Aline França de
Com o crescimento de novas tecnologias, e ampliação do desenvolvimento de organizações virtuais, emerge a discussão a respeito de como devem ser estas empresas, quais as características necessárias, em que estágios de virtualização estas empresas podem ser classificadas e qual a real necessidade de formação de comunidades virtuais. Buscando trazer contribuições a respeito do estado da arte no tema organizações virtuais, apresenta-se uma coletânea bibliográfica a respeito de conceitos sobre: virtual, arranjos organizacionais e virtualização de processos, comunidades e organizações virtuais.

Palavras-chave: VIRTUAL ORGANISATIONS. virtual communities. VIRTUALISATION. comunidade virtual. estrutura organizacional. organizações virtuais

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Informação ambiental para a comunidade científica . Informação & Informação v. 5, n. 1, jan./jun. 2000   (ARTIG)
  BARROS, Antonio Teixeira de
Analisa o discurso informativo dirigido ao público científico sobre meio ambiente, no período de janeiro de 1990 a junho de 1992, com base nos textos publicados pelo Jornal da Ciência Hoje (atualmente Jornal da Ciência), periódico publicado quinzenalmente pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Elencou-se treze categorias temáticas para a análise de conteúdo, optando portanto, pela análise categorial enquanto método de pesquisa para o corpus selecionado no referido jornal. A agenda de eventos ecológicos no âmbito da comunidade científica aparece em primeiro plano na cobertura do jornal. A Amazônia é o segundo tópico em termos de expressividade, seguida das categorias espécies ameaçadas de extinção, informação ambiental e poluição. A cobertura é abrangente e contextualizada.

Palavras-chave: Scientific community. “Sociedade Brasileirapara o Progresso da Ciência”. Ecology.Environment. scientific communication. “Jornalda Ciência Hoje”. “Jornal da Ciência”. comunidade científica. sociedade brasileira para o progresso da ciência (sbpc).

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Produção do conhecimento tecnológico na UFMG . Perspectivas em Ciência da Informação v. 5, n. 2, jul./dez. 2000   (ARTIG)
  RODRIGUES JÚNIOR, José Maciel; LOBATO, Arcenio Amorim; CENDÓN, Beatriz Valadares; SILVA, Janete Fernandes
Analisa a evolução da interação das universidades com seu ambiente externo no que se refere ao desenvolvimento científico e tecnológico, ressalta a necessidade de mudanças gerenciais, culturais e estruturais para viabilizar o surgimento de parcerias entre universidades e empresas e aponta as novas estratégias da UFMG para promover uma maior interação da universidade com sua comunidade externa.

Palavras-chave: university. Scientific development. External community. universidade. desenvolvimento científico. comunidade externa

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunicação científica: uma revisão de seus elementos básicos . Informação & Sociedade: Estudos v. 10, n. 2, 2000   (ARTIG)
  TARGINO, Maria das Graças
Considerando a complexidade que envolve a comunicação científica, de início, disserta-se sobre aspectos genéricos da ciência, tais como conceituação, desenvolvimento, informação como elemento essencial a todo processo de evolução da ciência e da comunicação, comunidade científica suas normas comportamentais. Posteriormente, segue abordagem acerca da comunicação científica e de sua categorização mais difundida - comunicação formal versus comunicação informal -, perpassando pela comunicação semiformal, superformal e eletrônica.

Palavras-chave: science. SCIENCE AS A SOCIAL INSTITUTION. Scientific community. SCIENTIFIC BEHAVIOUR. SCIENTIFIC COMMUNICATION - CATEGORISATION. ciência como instituição social. comunidade científica. comportamento científico. ciência

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Informação ambiental para a comunidade científica . Transinformação v. 11, n. 2, maio/ago. 1999   ()
  BARROS, Antonio Teixeira de
Analisa o discurso informativo dirigido ao público científico sobre meio ambiente, no período de janeiro de 1990 a junho de 1992, com base nos textos publicados pelo Jornal da Ciência Hoje (atualmente Jornal da Ciência), periódico publicado quinzenalmente pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). A agenda de eventos ecológicos no âmbito da comunidade científica aparece em primeiro plano na cobertura do jornal. A Amazônia é o segundo tópico em termos de expressividade, seguida das categorias espécies ameaçadas de extinção, informação ambiental e poluição. A cobertura é abrangente e contextualizada.

Palavras-chave: Scientific community. Society for the Advancement of Science. Ecology. Environment. scientific communication. Journal of Science Today. Journal of Science. comunidade científica. Sociedade para o Progresso da Ciência. Ecologia/Meio Ambiente. Com

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A atuação do carro-biblioteca como agente de transformação nas comunidades rurais da ilha de Santa Catarina de outubro de 1996 a novembro de 1997 . Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina v. 3, n. 3, 1998   (ARTIG)
  DANIEL, Fabiana; PASSOS, Lidyani Mangrich dos; CARVALHO, Lucimara Aparecida; VALERIM, Patrícia
Estudo da ação transformadora do carro-biblioteca da Universidade do Estado de Santa Catarina, com o objetivo de verificar a atuação do mesmo como agente de transformação de uma comunidade rural para uma comunidade rural informada. A análise foi feita a partir de entrevista com professores e alunos de duas escolas da comunidade de Ratones, situada em Florianópolis. Visto que a pesquisa limitou-se ao público infantil, observamos os seguintes tópicos: influência do carro-biblioteca como estímulo à leitura e pesquisa, aceitação do carro-biblioteca, a relação do carro com o desempenho escolar e a satisfação do carro-biblioteca às necessidades de lazer e informação das comunidades.

Palavras-chave: Mobile library. Car library. Rural community. biblioteca ambulante. carro biblioteca. comunidade rural

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Levantamento das características culturais no hábito de leitura da comunidade acadêmica do curso de biblioteconomia da Universidade Federal da Santa Catarina . Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina v. 3, n. 3, 1998   (ARTIG)
  BORTOLON, Assunta Maria; TOMAZ, Daiane da Silva Martins; ALVES, Denise Regina; LOPES, Uberdan dos Santos
Apresenta os resultados do estudo entre os alunos de gradução do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Santa Catarina, em outubro de 1996. O objetivo foi verificar aspectos culturais no hábito de leitura dos alunos. As conclusões apontam que a leitura é uma das atividades de lazer mais privilegiadas.

Palavras-chave: Reading habit. Academic community. Library - UFSC. hábito de leitura. comunidade acadêmica. biblioteconomia - ufsc

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Fontes de informação utilitária em bibliotecas públicas . Revista de Biblioteconomia de Brasília v. 22, n. 1, jan./jun. 1998   (ARTIG)
  CAMPELLO, Bernadete Santos
Descreve de forma sucinta a evolução dos serviços de informação para a comunidade nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha e sua influencia em pesquisas e estudos sobre informação utilitária no Brasil. Apresenta alguns estudos que deram origem a categorias de assuntos a serem cobertos por serviços de informação utilitária e indica fontes que podem ser utilizadas para o desenvolvimento do serviço.

Palavras-chave: informação utilitária. informação para a comunidade

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Os Serviços de Extensão das Bibliotecas como Apoio ao Processo Educativo das Comunidades . BIBLOS - Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação v. 9, 1997   (ARTIG)
  FREITAS, Sonia Marli Barbosa de
A Criatividade nos serviços de extensão de uma biblioteca concorre para que se efetuem mudanças significativas no processo de desenvolvimento das potencialidades de uma comunidade, aproximando essa comunidade dos benefícios do ato de ler como ampliação do universo intelectual.

Palavras-chave: Community library. Extension services. Community education process. biblioteca comunitária. serviços de extensão. processo educativo das comunidades

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Comunidade dos deficientes visuais da Grande Florianópolis e o setor Braille da Biblioteca Pública do Estado de SC . Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação v. 26-28, n. 1, 1995-1997   (COMUN)
  MACHADO, Alzemi; OHIRA, Maria Lourdes Blatt
Trata das comunidades de deficientes visuais, em especial da Comunidade da Grande Florianópolis. Apresenta a situação do setor de Braille da Biblioteca Pública do Estado de SC. Fornece um breve histórico das condições dos deficientes visuais, de acordo com a legislação brasileira vigente.

Palavras-chave: Visually impaired - communities. Braille. The state of public library sc. deficientes visuais - comunidades. braile. biblioteca pública do estado de sc

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Ações do Museu Oceanográfico da FURG no processo de integração da Universidade com a comunidade . BIBLOS - Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação v. 8, 1996   (ARTIG)
  VIEIRA, Eleonora M. F.; BARCELLOS, Lauro J. P.
A Universidade do Rio Grande tem uma estreita ligação com o estudo do ecossistema costeiro da região na qual está inserida. Para tanto, contribuem sobremaneira as ações educativas desenvolvidas pelo Museu Oceanográfico. Entre elas destacamos o Centro de Educação e Formação Ambiental Marinha, que busca implementar uma formação ambiental marinha, servindo de apoio ao sistema de ensino e capacitação da comunidade em geral.

Palavras-chave: Oceanographic Museum. Integration university - community. museu oceanográfico. integração universidade - comunidade

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Trabalho com comunidades no Brasil: uma interpretação baseada na história . Informação & Sociedade: Estudos v. 6, n. 1, 1996   (ARTIG)
  CARDOSO, Ana Maria P.
Descreve o que tem sido o trabalho com comunidades e sua importância nessa sociedade desigual, partindo da contextualização de seu surgimento, destacando os enfoques teóricos que influíram na constituição de suas práticas, o conflito entre as posições teóricas e seu exercício nos tempos presentes.

Palavras-chave: community. society. inequality. history. comunidade. sociedade. desigualdade. história

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Relações de solidariedade em comunidade de camponeses - trabalhadores migrantes . Informação & Sociedade: Estudos v. 6, n. 1, 1996   (ARTIG)
  MENEZES, Marilda Aparecida
Analisa as práticas de reciprocidade entre parentes e vizinhos numa comunidade camponesa com intensa migração desde o princípio do século XX. Observa intensamente um grupo de trabalhadores-camponeses no Estado da Paraíba e relata casos analisados.

Palavras-chave: Relations of solidarity. Peasant community. Migration. relações de solidariedade. comunidade camponesa. migração. paraíba

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  COMUNIDADE DOS DEFICIENTES VISUAIS DA GRANDE FLORIANÓPOLIS E O SETOR BRAILLE DA BIBLIOTECA PÚBLICA DO ESTADO DE SC . Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina v. 1, n. 1, 1996   (RELAT)
  MACHADO, Alzemi; OHIRA, Maria Lourdes Blatt
Esta pesquisa tem como objetivo conhecer o deficiente visual da região da grande Florianópolis, caracterizando-o e identificando-o do ponto de vista sócio-econômico e de suas demandas e expectativas em relação à biblioteca e aos serviços oferecidos pelo setor Braille da Biblioteca Pública do Estado de Santa Catarina.

Palavras-chave: Visually impaired. Library community of the visually impaired. Public Library - Braille sector - sc. deficiente visual. biblioteca comunidade dos deficientes visuais. biblioteca pública - setor braille - sc

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Frente de leitura: São Benedito - um diálogo entre a comunidade e os agentes externos . Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG v. 24, n. 2, jul./dez. 1995   (ARTIG)
  NOGUEIRA, Maria Cecília Diniz
Descrição do atendimento do Carro-Biblioteca da Escola de Biblioteconomia da UFMG na comunidade de São Benedito: estratégia de entrada e de saída de agentes externos na comunidade, serviços prestados, rotinas, articulação da atividade de extensão com ensino e pesquisa, bem como produtos e subprodutos relacionados com o projeto.

Palavras-chave: External agents. community. Car library. agentes externos. comunidade. carro biblioteca. São Benedito

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Escutando a comunidade: em discussão a extensão junto a camadas populares . Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG v. 24, n. 2, jul./dez. 1995   (ARTIG)
  REIS, Alcenir Soares dos; REZENDE, Marlene Edite Pereira de
Apresenta os resultados da pesquisa realizada após a interrupção dos serviços do Carro-Biblioteca da UFMG, em decorrência da greve dos servidores em 1991. Faz uma reflexão teórica sobre extensão/comunicação, ação cultural, informação, educação-cidadania, como pressupostos para uma ação extencionista transformadora. Propõe sugestões de ação universidade/comunidade a partir dos dados coletados.

Palavras-chave: Car library. Extentionists action. University-community. carro biblioteca. ação extencionista. relação universidade-comunidade

link externo  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  O crescimento da ciência, o comportamento científico e a comunicação científica: algumas reflexões . Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG v. 24, n. 1, jan./jun. 1995   (ARTIG)
  MUELLER, Suzana Pinheiro Machado
A autora reúne idéias sobre a comunidade científica e a comunicação científica formal, propondo perspectiva para estudo do periódico científico: comunicação científica vista como parte integrante da ciência e tendo como produto, quando formal, a literatura científica. O estudo da literatura científica de uma área exigiria, portanto, atenção ao contexto em que se dá a sua geração. Os cientistas estão organizados em comunidades científicas, cujos membros, segundo alguns autores como Merton, seguiriam determinadas regras de comportamento que disciplinam a comunicação, quer entre si, quer com membros de comunidades diferentes e com o público em geral. A importância, para o estudioso do periódico científico, do conhecimento de certos traços do comportamento científico, está na centralidade do papel desempenhado na ciência e na comunicação da ciência pelo artigo publicado - o periódico e o artigo científico são os únicos meios formais para estabelecer a orginilidade e prioridade.

Palavras-chave: science. Scientific community. scientific communication. ciência. comunidade científica. Comunicação científica

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Planejamento estratégico de bibliotecas públicas no Brasil: histórico, crise e perspectivas . Revista de Biblioteconomia de Brasília v. 19, n. 2, jul./dez. 1995   (ARTIG)
  TARAPANOFF, Kira; SUAIDEN, Emir José
Traça a história do planejamento de bibliotecas públicas no Brasil. Adota a abordagem sócio-técnica para analisar o planejamento de bibliotecas públicas em nível macro, o planejamento para o desenvolvimento de bibliotecas públicas para o país como um todo, e por longo período de tempo. Relata a experiência de planejamento de bibliotecas públicas no Brasil e conclui que o seu planejamento esteve sempre a cargo do Instituto Nacional do Livro, que a sua principal função social foi educativa, e que o momento presente, de transição, exige algumas definições fundamentais quanto às funções (sociais) que a biblioteca pública deve assumir. Sugere quais devem ser estas funções, bem como quais devem ser os objetivos administrativos. Sugere também quais as estratégias que podem ser adotadas pela biblioteca pública para tornar viáveis as ações na comunidade em que atua.

Palavras-chave: Strategic planning. Social strategies. public libraries. Llibrary and community. Social roles. planejamento estratégico. bibliotecas públicas. estratégias sociais. biblioteca e comunidade

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Usuários de bibliotecas: informação X cidadão comum . BIBLOS - Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação v. 6, 1994   (ARTIG)
  MORAES, Claudio
Estuda uma comunidade (de usuários de bibliotecas) sob seus aspectos econômicos, locais e outros. concretiza trabalho de equipe, a partir do entrosamento de bibliotecário comprometido com a comunidade. Constrói e analisa um conjunto de idéias, com objetivos e metas, em que usuários contribuem, incentivam e exigem bons serviços.

Palavras-chave: library. community. Users and information. Evaluation of user studies. Users: citizen. Biblioteca. comunidade. usuários e informação. avaliação de estudos de usuários. usuários:cidadão comum

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Agente externo - sujeito (pré)posicionado . Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG v. 23, n. 2, jul./dez. 1994   (ARTIG)
  NOGUEIRA, Maria Cecília Diniz
Reflexões sobre a ação do agente externo junto a comunidades, considerando o seu papel de intelectual. A preposição, enquanto categoria gramatical, indica diferenças de formatos de ação e enquanto signo revela que o agente externo atua dentro dos limites da sua posição política, que é determinada historicamente.

Palavras-chave: External agents. Preposition. community. Political position. agentes externos. preposição. comunidade. posição política

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Estudo da comunidade Vila Dom Bosquinho- Rio Grande . BIBLOS - Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação v. 5, 1993   (ARTIG)
  NONNEMACHER, Maria Jacinta; ESTANISLAU, Patrícia Gosçalves
Demostra a possibilidade de integração entre ensino de sala de aula e a prática profissional. Trata-se de experiência nova: o estudo de uma comunidade carente visando a integrar a Universidade com a comunidade e subsidiar as estratégias da citada atividade.

Palavras-chave: ensino. práticas profissionais. universidade. comunidade. integração
Método de pontos:

  Integração Universidade/Comunidade: estratégias da URG . BIBLOS - Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação v. 5, 1993   (ARTIG)
  FERNANDES, Orlando Macedo; NUNES, Claudio Omar Iahnke
Os autores apresentam a estratégia de integração Universidade/ Comunidade, implementada pela Universidade do Rio Grande (URG), discutindo-a no contexto de desequilíbrios regionais que atingem a economia e a sociedade gaúcha, em prejuízo da Região Sul do Estado. A reversão desse quadro vem sendo tentada através dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento, com a participação de entidades representativas dos segmentos sociais e econômicos de cada região. Na Região Sul, a URG participou ativamente da criação do Conselho Regional,o qual tem como prioridades: desenvolvimento integrado da pequena e média propriedade (35000 propriedades com menos de 50ha), a modernização tecnológica e a descentralização dos parques industriais da Região (pesca e agroindústria).

Palavras-chave: desenvolvimento integrado. modernização tecnológica. integração universidade - comunidade
Método de pontos:

  Comunidades rurais no Brasil e a informação . Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG v. 20, n. 1, jan./jun. 1991   (ARTIG)
  TARPANI, Cláudia
Questiona o atendimento às populações rurais por parte dos serviços de informação e o papel do bibliotecário nesse processo, enfatizando a importância do conhecimento de questões mais amplas do mundo rural, como a estrutura agrária.

Palavras-chave: Farming community. information services. librarian. brazil. comunidade agrícola. serviços de informação. Bibliotecário. Brasil

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Biblioteca e estudos de comunidade . Ciência da Informação v. 18, n. 2, jul./dez. 1989   (ARTIG)
  SILVA, Gilda Olinto do Valle
Do estudo de usuário ao survey e à análise de redes voltadas para o público-alvo, procura-se mostrar aqui diversos tipos de estudos que estão abertos ao pesquisador que pretenda obter dados sobre as comunidades a que se destinam bibliotecas. Esses estudos, com diferentes enfoques, metodologias e mesmo definições da comunidade estudada podem, isoladamente ou em conjunto, contribuir para o desenvolvimento da relação biblioteca-comunidade.

Palavras-chave: library. community studied.. Biblioteca. estudos de comunidade

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Estudo de comunidades visando à criação de bibliotecas . Revista de Biblioteconomia & Comunicação v. 3, n. 1, 1988   (ARTIG)
  STUMPF, Ida Regina Chitto
O trabalho se constitui numa parte da revisão da literatura realizada para a pesquisa intitulada Estudo da Comunidade do Bairro Santana/Porto Alegre. Primeiramente justifica os bairros como comunidades definindo também por que e de que forma estudar sua população. Apresenta levantamento de alguns estudos já realizados, indicando as variáveis utilizadas em cada um deles.

Palavras-chave: Study communities. library. estudo de comunidades. Biblioteca

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A feira do livro como mecanismo de integração curricular do Curso de Biblioteconomia da UFRGS . Revista de Biblioteconomia & Comunicação v. 2, n. 1, 1987   (ARTIG)
  MACHADO, Elenita S.; SILVA, Maria da Graça da; NODARI, Mônica Araújo; UBERTI, Verônica; DALLA ZEN, Ana Maria
Este artigo relata a experiência de participação do Curso de Biblioteconomia na feira do livro da Praça da Alfândega, a partir de projeto feito dentro da disciplina BIB198 - Prática de Pesquisa em Biblioteconomia. A atividade constitui-se em uma estratégia de integrar o currículo de Biblioteconomia nas dimensões de ensino, pesquisa e extensão, ao mesmo tempo em que se serviu para promover a interação grupal entre alunos e professores.

Palavras-chave: librarianship. community. Cultural entertainment. librarian. Social formation. Biblioteconomia. comunidade. animação cultural. Bibliotecário. formação social

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Biblioteconomia Clínica em uma Comunidade Hospitalar . Revista de Biblioteconomia de Brasília v. 14, n. 2, jul./dez. 1986   (COMUN)
  SILVA, Claudete Marlene Schaaf
Analisa a Biblioteconomia Clínica, métodos, vantagens e benefícios para a comunidade médica brasileira. Estudo de caso do Hospital das Doenças do Aparelho Locomotor 0 Sarah Kubitschek.

Palavras-chave: clinical librarianship. Community hospital. Hospital of diseases of the locomotor system. Case studies. biblioteconomia clínica. comunidade hospitalar. hospital das doenças do aparelho locomotor. estudos de caso

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Serviço de Informação para a Comunidade como Instrumento de Democratização da Biblioteca Pública Brasileira . Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação v. 18, n. 3/4, jul./dez. 1985   (ARTIG)
  FIGUEIREDO, Nice
A importância da implantação de serviço de informação para a comunidade nas bibliotecas públicas brasileiras. Conceitual teórico, críticas, preparação de pessoal e descrição do desenvolvimento destes serviços em bibliotecas públicas americanas e inglesas. Requisitos necessários à implantação destes serviços, tipos de atividades desenvolvidas por bibliotecas atuando como agência direta de informação à comunidade ou como suporte às agências da comunidade.

Palavras-chave: information services. community. public library. serviços de informação. comunidade. biblioteca pública

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Diferenças quanto à forma de obtenção de informação na Universidade Federal de Santa Catarina . Cadernos de Biblioteconomia v. 6, n. 1, jun. 1983   (ARTIG)
  SILVEIRA, Amélia
O estudo investiga diferenças entre alunos de graduação, da pós-graduação, professores e funcionários em relação à forma de obtenção de informação na Universidade Federal de Santa Catarina. Por meio da aplicação de um questionário a uma amostra representativa da comunidade universitária, são levantados dados para comprovação da hipótese, utilizando para análise a sub-rotina "CROSSTABULATION" do SPSS - Statistical Package for the Social Sciences. Como conclusão do trabalho são provadas diferenças significativas entre os estratos em estudo quanto à forma pela qual são obtidas informações para realização do trabalho acadêmico e/ou profissional. Os resultados servem como subsídio ao planejamento e de base para estudos visando adequação da Biblioteca Universitária a cada grupo de elementos que compõem a comunidade universitária da Universidade Federal de Santa Catarina.

Palavras-chave: Obtaining information. Information. university library. University community. obtenção de informações. Informação. Biblioteca universitária. comunidade universitária

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Caracterização de uma comunidade científica através da literatura publicada: um estudo de caso . Revista de Biblioteconomia de Brasília v. 10, n. 2, jul./dez. 1982   (ARTIG)
  FERREIRA, Délia Valério; FERNANDEZ, Rosali Pacheco
É enfatizada a importância de estudos condizentes com o conhecimento sobre o desenvolvimento da comunidade científica como um elemento de decisão para planejamento nacional nas áreas de ciencia e tecnologia, em particular para os países do Terceiro Mundo. Um estudo de caso enfoca o grupo de física do estado sólido da UFRGS, analisando-o no período 1960-1980, fundamentalmente a partir da produção científica publicada. A comunidade estudada é caracterizada através de análise dos Recursos Humanos envolvidos no processo, da literatura produzida, das linhas de pesquisa desenvolvidas e das revistas científicas em que publicam. Os resultados obtidos são examinados frente aos fatores determinantes do desenvolviemento observado. São também discutidas as dificuldades encontradas, consequentes da falta de documentação apropriada (uma constante nos países em desenvolvimento) e apontadas possibilidades e necessidades de estudos mais aprofundados, levando ao conhecimento da própria sociologia do desenvolvimento da comunidade estudada.

Palavras-chave: Scientific community. literature. human resources. scientific publication. comunidade científica. literatura. recursos humanos. publicação científica

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Colégios invisíveis na estratégia de bibliotecas especializadas: Revisão de literatura . Revista de Biblioteconomia de Brasília v. 9, n. 1, jan./jun. 1981   (COMUN)
  SILVA, Maria da Graça Miranda da
A literatura revela a existência de um inter-relacionamento entre os grupos de pesquisadores que se realiza com muita assiduidade, havendo entre eles elementos (´gatekeepers´) que têm a função de transmissão e captação de informações numa comunidade científica, ou entre comunidades. Caberia às bibliotecas especializadas, através de seu serviço de referência, realizar estudos para identificar os interesses da comunidade e, através de cadastros atualizados, facilitar os contatos entre os pesquisadores, segundo suas áreas de atuação profissional, na estratégia da disseminação e acesso aos documentos através da formalização de ´colégios invisíveis´.

Palavras-chave: Specialized library. Transmission of the information. Scientific community. biblioteca especializada. transmissão da informação. comunidade científica

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A imagem do Bibliotecário do ponto de vista da comunidade na Paraíba . Cadernos de Biblioteconomia v. 3, n. 1, nov. 1980   (ARTIG)
  VASCONCELOS, Rosa Maria Araújo de Godoy
Pesquisa realizada na capital e em alguns municípios paraibanos pela qual foi constatado o conhecimento da existência da biblioteca pública municipal, porém, o desconhecimento do bibliotecário. Análise das razões desse desconhecimento e dos serviços que o bibliotecário pode prestar à comunidade.

Palavras-chave: librarian. Librarian - ignorance of the community. Librarian - community. Bibliotecário. bibliotecário - desconhecimento da comunidade. bibliotecário - comunidade

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Informações para a comunidade estudantil de 1o. e 2o. graus na Biblioteca Pública . Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG v. 7, n. 2, set. 1978   (ARTIG)
  GOMES, Sônia de Conti
Análise dos tipos de informação que a divisão infanto-juvenil da biblioteca pública pode fornecer à comunidade que serve e sugestões para um levantamento de categorias de dados que representem as necessidades diárias de informação dessa comunidade.

Palavras-chave: public library. Student community. Category of data. Types of information. biblioteca pública. comunidade estudantil. categoria de dados. tipos de informação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  A disseminação da informação em Artesanato . Revista de Biblioteconomia de Brasília v. 5, n. 2, jul./dez. 1977   (ARTIG)
  BUENO, Nancy
Pouco interesse tem havido nos estudos sistematizados e bibliográficos do Artesanato, por parte de Pesquisadores, Bibliotecários e Órgãos Governamentais. Identificar, selecionar e localizar o material bibliográfico são as dificuldades maiores para sua própria disseminação, além da escassez do mesmo, como demonstra aqui a pesquisa bibliográfica efetuada em várias bibliotecas congèneres, apresentada anexa. A Autarquia denominada Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades - SUTAGO - é divulgada, a fim de tornar conhecidos seus objetivos, projetos e estudos. Sua Biblioteca - única na área - em São Paulo, sentindo o problema de formação do acervo especializado e da disseminação da informação, apresenta como solução a reprodução de material através do intercâmbio entre Bibliotecas. Como contribuição, a Atura organizou uma ´Bibliografia sobre Artesanato Brasileiro´ com a função de Catálogo Coletivo, que constitui a segunda parte do trabalho.

Palavras-chave: dissemination of information. crafts. Bibliographical material. Superintendent of craft work in communities. disseminação da informação. artesanatos. material bibliográfico. superintendência do trabalho artesanal nas comunidades

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

  Um exemplo de implantação de uma rede regional: a rede Européia de informação - EURONET . Ciência da Informação v. 5, n. 1 e 2, 1976   (ARTIG)
  DUSOULIER, Nathalie
A EURONET é o resultado de uma decisão da Comunidade Européia a fim de promover a cooperação para o intercâmbio de informações científicas e tecnológicas que visa a atingir a todos que necessitam de informação. Baseia-se na idéia de que os sistemas atuais devem ser a base de uma rede em vias de realização, cuja característica é de fornecer serviços numa base multilingue o que implica em estudos de problemas linguísticos.

Palavras-chave: the European Community. information exchange. euronet. comunidade européia. intercâmbio de informação

download PDF  | ABNT | VANCOUVER
Método de pontos:

Total de 89 trabalho(s) recuperado(s).
Tempo de Execução: 0.4932 segundos, consulta "COMUNIDADE"
© 2009 - 2014 - UFPR
SESSION 6bef48f252